Tribunal anula suspensão de antigo director de escola modelo na Madeira e manda pagar salários

Joaquim Sousa foi condenado a seis meses de suspensão (que já cumpriu) sem vencimento. Juiz diz que o processo disciplinar prescreveu. Secretaria Regional da Educação da Madeira vai recorrer.

Foto
Gregório Cunha

Reintegração imediata e restituição integral dos vencimentos. O Tribunal Administrativo e Fiscal do Funchal (TAFF) decidiu anular a suspensão do antigo director da escola EB 1,2,3/PE com creche do Curral das Freiras, na Madeira, que nos rankings de 2015 foi a melhor pública do país a Português e das melhores a Matemática.