Câmara de Santa Comba Dão recebeu duas estátuas de Salazar mas não diz para quê

Protocolo com a Direcção-Geral do Património Cultural passou uma estátua em bronze e um busto de pedra do ditador para a guarda da autarquia.

,António de Oliveira Salazar
Foto
Salazar em 1936, a posar, sob o olhar atento de António Ferro, para um dos bustos a partir dos quais Francisco Franco fez a estátua em questão Global Media

As duas peças estavam arrumadas numas instalações em Loures até há pouco tempo. A maior é uma estátua de bronze com 2,3 metros, que representa António de Oliveira Salazar em vestes doutorais. A mais pequena é um busto em pedra, que pesa 500 quilos. As duas são da autoria do escultor Francisco Franco e estavam à guarda da Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC). Foi em Setembro de 2017 que a Câmara Municipal de Santa Comba Dão (CMSCD) assinou um protocolo com a DGPC, que passava a estátua e o busto para a alçada da autarquia por cinco anos, sendo que o período é renovável.