Irão: “acidentes” arquitectónicos que imitam a natureza

Fotogaleria

No Irão, há terra em tons de vermelho, laranja, amarelo, branco, verde, castanho. Estranho? "Estas montanhas são reais e ficam em Mahnesan, uma pequena cidade na província de Zanjan", garante o fotógrafo Mehrdad Fathi ao P3, em entrevista via Instagram. Alabula, que pode ser traduzido por "colorido", é o título da série de dípticos do iraniano, que faz o paralelo entre as invulgares cores dos montes de Zanjan e edifícios aleatórios de regiões vizinhas. "Estas montanhas coloridas atraem hordas de visitantes, apreciadores da natureza", pode ler-se na sinopse do projecto. E os edifícios que Fathi fotografou formam, acidentalmente, um conjunto cromático harmonioso com as montanhas. 

"Qualquer pessoa pode retirar a sua própria conclusão ao observar as imagens", explica o fotógrafo. "Mas eu quero dizer, com esta série, que o universo, antes do ser humano, criou todas as formas e cores – e que hoje nos limitamos a copiá-lo." Fathi considera que o ser humano moderno está "a destruir os recursos naturais para construir abrigo para si próprio" e que, ironicamente, "os abrigos são parecidos com aquilo que está a destruir." O olhar atento e afinado do artista visual que realizou esta vibrante série já foi distinguido em diversos concursos, nomeadamente no International Photography Grant e Neutral Density Photography Awards.

©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
©Mehrdad Fathi
Sugerir correcção