Cristiano Ronaldo: “Tenho jogado lesionado”

O mais internacional jogador português reagiu à polémica que o tem rodeado nos últimos dias.

Cristiano Ronaldo
Foto
Cristiano Ronaldo LUSA/MÁRIO CRUZ

Foi um dos assuntos mais comentados durante os dias em que a selecção portuguesa esteve concentrada a preparar os seus dois últimos jogos de qualificação para o Euro 2020. Cristiano Ronaldo estava ou não a 100%. Isto porque o capitão da selecção portuguesa tinha sido substituído na última partida da Juventus e o treinador da formação italiana tinha justificado a saída de CR7 do relvado na partida contra o Milan com uma lesão, mas alinhou quase os 90 minutos frente à Lituânia e fez o jogo completo contra o Luxemburgo.

Neste domingo foi o próprio atleta a reconhecer que não está bem fisicamente. “Tenho jogado limitado nas últimas três semanas. Não houve polémica nenhuma, vocês [jornalistas] é que a criaram. Tentei ajudar a Juventus. Ninguém gosta de ser substituído mas entendo, porque eu não estava bem. Nestes dois jogos também não estava a 100%. Sacrifiquei-me em prol da equipa. Aqui na selecção podíamos ficar de fora e sacrifiquei-me também pela selecção”, afirmou o jogador, desvalorizando o enfado com que saiu do relvado quando Maurizio Sarri fez entrar Dybala para o seu lugar na última partida da “Juve”.

Depois, o número 7 de Portugal explicou o que o atormenta: “É uma dor que me impede de estar a 100%, mas tento jogar sempre. Às vezes não dou mais porque não consigo, mas meteram muita polémica onde ela não teria que existir. O clube sabia que eu estava limitado. Mas o mais importante é que ganhámos, que a Juventus está em primeiro e eu vou estar bem o mais rápido possível.”

Em relação ao facto de, com mais um golo, Ronaldo ter ficado a apenas um da marca dos 100 com a camisola da selecção portuguesa, o avançado mostrou-se satisfeito e despreocupado: “O golo 100 vai aparecer de forma natural. Os meus recordes são para bater e eu vou batê-los.”