Música inédita de George Michael lançada três anos após a morte do cantor

This Is How (We Want You To Get High), um tema gravado por George Michael em 2015, encerra o filme Last Christmas, de Paul Feig, que se estreará esta sexta-feira nos Estados Unidos e que deverá chegar a Portugal no dia 5 de Dezembro.

Foto
Reuters/David W Cerny

O single This Is How (We Want You to Get High), de George Michael, foi lançado postumamente esta quarta-feira, com a autorização da família do cantor, para antecipar a estreia do filme Last Christmas, de Paul Feig , cuja banda sonora encerra. É um tema de quatro minutos e meio com uma letra que aborda as dificuldades que enfrentam os que foram criados em famílias disfuncionais para ultrapassar o peso dessa herança.

“Quando o presente encontra o passado é difícil sermos mais do que aquilo que vimos”, canta George Michael a abrir e a fechar esta canção, que co-escreveu em 2012 com o seu colaborador James Jackman e à qual deu os últimos retoques nas derradeiras sessões de gravação que realizou em 2015 nos estúdios AIR, em Londres.

O cantor e compositor britânico de origem grega, que ganhou notoriedade nos anos 80 como membro do duo Wham!, estava a trabalhar num conjunto de canções para um novo álbum quando morreu inesperadamente, aos 53 anos, no dia de Natal de 2016. Uma dessas músicas era This Is How (We Want You to Get High), que o realizador Paul Feig escolheu para fechar Last Christmas, um filme inspirado na música de George Michael, cujo argumento foi co-escrito com a actriz Emma Thompson, que também integra o respectivo elenco.

Com estreia prevista para esta sexta-feira, 8 de Novembro, em vários países, incluindo os Estados Unidos, o filme, cujo título recupera um dos mais conhecidos sucessos dos Wham!,  chegará às salas inglesas no dia 15 e deverá ser exibido comercialmente em Portugal a partir de 5 de Dezembro, uma semana após a sua estreia no Brasil, onde vem já sendo anunciado com o título Uma Segunda Chance para Amar.

This Is How (We Want You to Get High) torna-se assim não apenas o primeiro single póstumo de George Michael, mas a primeira nova canção do artista lançada nos últimos sete anos. O cantor terá ainda deixado acabadas mais três músicas, além de esboços para outras que viriam a incluir o álbum que já não chegou a terminar.