CINEMA

O que é o Plano Nacional de Cinema?

O Plano Nacional de Cinema (PNC) surgiu em 2013 como um programa de divulgação cinematográfica junto do público escolar e é dinamizado pela Direção-Geral da Educação (DGE), pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) e pela Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema

Foto
Projeto «Crianças Primeiro» (2015-17) Serviço Educativo CINANIMA

O projeto e a sua missão

É um projeto que tem por objetivo principal formar públicos escolares para o cinema, garantindo-lhes os instrumentos básicos de “leitura” e de compreensão de obras cinematográficas e audiovisuais, bem como despertar o prazer para o hábito de ver e valorizar o cinema enquanto arte, forma de conhecimento, expressão e comunicação estética, indo ao encontro dos pressupostos preconizados no Perfil dos Alunos à saída da Escolaridade Obrigatória. A importância de uma educação cinematográfica.

PÚBLICO -
Foto
Sessões de Cinema para Escolas em 2018. Teatro Faialense, Horta – Açores e Cineclube de Amarante, Amarante. Câmara Municipal da Horta e Elsa Cerqueira/ ESA/ Cineclube de Amarante.

O cinema deve ser visto pelas crianças e jovens, de modo a sensibilizá-las para esta forma de arte e comunicação. Trata-se de um desafio, porque acreditamos que se devem mostrar imagens com as quais as crianças estão menos familiarizadas e mostrar-lhes que o cinema não é apenas uma forma de entretenimento. O contacto com o cinema (com a sua história e com a sua prática artística) potencia os todos sentidos em relação ao mundo das imagens e dos sons, e, desde esse primeiro contacto, parece-nos importante que crianças e jovens experimentem e percebam que a arte do cinema incorpora métodos de criação próprios e possui uma linguagem específica que pode ser comentada, aprendida e praticada. A escola deve assumir progressivamente a pertinência de uma educação cinematográfica junto das crianças e dos jovens. Pensar o espaço da escola do futuro significa também reconfigurar esse espaço através da inclusão daquilo que poderíamos categorizar de “respiração estética dentro da instituição educativa”, estimulando o encontro privilegiado com alteridade que a arte nos proporciona, e enriquecendo o sentido da participação democrática na vida cultural e comunitária com o tipo de experiências riquíssimas que resultam do contacto com a cultura do cinema.

Os filmes recomendados pelo PNC

O PNC disponibiliza anualmente junto das escolas uma Lista Geral de Filmes, que é divulgada anualmente na página da DGE. Esta Lista funciona como um elemento de orientação junto das escolas que se inscrevem no projeto. Dos vários filmes que constam dessa Lista, largas dezenas possuem crianças e jovens como protagonistas, e são filmes que instauram, por assim dizer, uma pedagogia diretamente associada a um cinema que refletiu e reflete sobre a infância e juventude. Mais do que representá-las, o cinema inventa com elas formas de conhecer o mundo, valorizando-se a compreensão das opções estéticas e pessoais de cineastas, em função de contextos históricos e sociais diversificados que apresentam crianças ou jovens como protagonistas. Jovens (e professores) devem ter a possibilidade de perceber na prática até que ponto o cinema pensa o mundo de uma forma peculiar e instaura por si só uma mundividência própria no contexto dos outros media.

PÚBLICO -
Foto
Sessões de Cinema para Escolas em 2018. Teatro Faialense, Horta – Açores e Cineclube de Amarante, Amarante. Câmara Municipal da Horta e Elsa Cerqueira/ ESA/ Cineclube de Amarante.

Parcerias e sessões de cinema para escolas

O PNC promove sessões de cinema gratuitas. Formar público nesta área significa criar progressivamente condições para que os estudantes possam conhecer obras cinematográficas, nomeadamente as nacionais. Criado no âmbito do PNC, o dispositivo O Cinema está à tua espera consta de uma programação de cinema com sessões gratuitas em sala de cinema, em colaboração com cineclubes, auditórios e salas de cinema, valorizando-se o lado singular do cinema enquanto experiência coletiva. A equipa define como prioritária a exibição pública de filmes portugueses e/ou coproduções em que Portugal participa, não excluindo, no entanto, a exibição de filmes internacionais. Embora se tenha em conta as mudanças que o avanço da técnica tem produzido na cinefilia, na cultura fílmica e no consumo do cinema, as sessões em sala de cinema são uma das vertentes chave de implementação do projeto. As sessões do PNC abrangem todos os distritos do país e Regiões Autónomas da Madeira dos Açores, refletindo o aumento de interesse das escolas por esta área. Encontrando-se o PNC "no terreno”, reconhece-se que é desejável e é urgente reforçar as condições de implementação de experiências de educação cinematográfica, no currículo e/ou em diálogo permanente com o currículo, e a adesão crescente dos diferentes agrupamentos de escolas à implementação de projetos na área do cinema demonstra que estão a ser dados os primeiros passos de um longo caminho que deve continuar a ser desenvolvido nos próximos anos.

Sugerir correcção