Autoridades suspendem buscas de resgate pelo pescador de 23 anos que caiu ao mar

Familiares do jovem de 23 anos deram alerta às 14h58. Operações de resgate serão retomadas na manhã de segunda-feira.

Foto
S. Pedro de Moel Sandra Ribeiro

As buscas para encontrar um pescador que caiu este domingo ao mar foram suspensas às 18h10, sendo depois retomadas na segunda-feira, entre as 7h e as 7h30, informou a capitania do Porto da Nazaré.

As buscas para resgatar o homem que caiu ao mar quando se encontrava a pescar em São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande, foram suspensas por já não haver condições de luminosidade, afirmou à agência Lusa o comandante do Porto da Nazaré, Paulo Gomes Agostinho.

Durante a tarde deste domingo, estiveram no local um helicóptero da Força Aérea, três motas de água, um barco semi-rígido e quatro carros da Polícia Marítima, a participar numa busca centrada no local da queda e com “um raio de três milhas”, sendo que na segunda-feira o raio da operação deverá aumentar, explicou.

Na segunda-feira, as buscas devem retomar com “um dispositivo muito semelhante”, querendo os operacionais aproveitar a baixa-mar, por volta das 9h30, que Paulo Gomes Agostinho considera ser um “momento-chave” para a operação, por passar a haver alguma areia na zona da queda.

Relativamente ao dispositivo para as buscas de segunda-feira, o comandante do Porto da Nazaré referiu que ainda está a ser debatido se será empenhado um helicóptero ou não, sendo que vai participar na operação um navio da Marinha, que será “uma corveta ou eventualmente uma fragata”.

O homem, de 23 anos, “caiu ao mar quando se encontrava à pesca” e foi “dada a informação de que não sabe nadar”.

O pescador encontrava-se junto ao Farol do Penedo da Saudade, na praia de São Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, “acompanhado de familiares que deram o alerta”, registado pela Capitania do Porto da Nazaré às 14h58.

Sugerir correcção