Tempestade tropical Pablo deixa Açores sob aviso amarelo até domingo

Madeira também está até domingo sob aviso amarelo devido à chuva e vento forte.

No início de Outubro, o furacão <i>Lorenzo</i> também fustigou os Açores
Foto
No início de Outubro, o furacão Lorenzo também fustigou os Açores Rui Soares

Os Açores estão sob aviso amarelo devido à passagem da tempestade tropical Pablo, prevendo-se aguaceiros fortes, trovoadas, agitação marítima e vento. O grupo oriental será o mais afectado, adiantou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“A tempestade tropical Pablo possui pequena dimensão, ou seja, o raio de acção do vento com intensidade de tempestade tropical é de aproximadamente 50 quilómetros à volta do seu centro aquando da sua passagem pelo grupo oriental. Assim, prevê-se para São Miguel e Santa Maria que o vento do quadrante sul rodando para oeste se torne forte com rajadas na ordem dos 100 km/hora para o fim do dia de sábado, 26 de Outubro, e ondas de altura significativa de cinco a sete metros do quadrante sul passando a oeste”, avançou o IPMA, em comunicado assinado pelos meteorologistas Vanda Costa e Carlos Ramalho.

O “pequeno núcleo depressionário com características tropicais” que começou a afectar o arquipélago foi identificado na sexta-feira, às 15h (hora local, mais uma em Lisboa). Às 21h de sexta-feira, o Centro Nacional de Furacões dos EUA classificou-o como “tempestade tropical Pablo”, o nível mais baixo da escala de Saffir-Simpson (que mede a intensidade de um furacão). A tempestade tropical estava a essa hora a “520 km a oeste/sudoeste dos Açores, deslocando-se para este-sueste com uma velocidade de 17 km/hora”, e as previsões apontam para que faça uma inflecção “para nordeste, dirigindo-se para o grupo oriental dos Açores”.

Apesar de a trajectória da tempestade tropical Pablo ser em direcção ao grupo oriental, o IPMA alerta que “a vasta região depressionária irá a provocar a ocorrência de aguaceiros que poderão ser fortes e acompanhados de trovoadas em todas as ilhas, bem como vento com rajadas até 85 km/h nos grupos ocidental e central”.

Nesse sentido, as ilhas do grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) e central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) estão sob aviso amarelo até à meia-noite de domingo, devido à previsão de “aguaceiros por vezes fortes acompanhados de trovoadas”, sendo que no grupo ocidental (Flores e Corvo) o mesmo aviso termina às 12h de sábado.

O grupo oriental estará ainda sob aviso amarelo entre as 18h de sábado e as 6h de domingo, devido à possibilidade de agitação marítima e vento forte, enquanto nas Flores e no Corvo o aviso relativo à agitação marítima terminou às 6h deste sábado.

Madeira sob aviso amarelo com chuva e vento forte

O arquipélago da Madeira está até domingo sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte e chuva.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a Madeira foi colocada sob aviso amarelo entre as 20h de sexta-feira e as 12h de domingo devido à previsão de vento forte, em especial nas terras altas. O IPMA emitiu também aviso amarelo para a Madeira entre a meia-noite e as 18h de sábado devido à previsão de chuva, que pode ser por vezes forte. O aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, indica situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica.

Para este sábado, o IPMA prevê para o arquipélago da Madeira períodos de céu muito nublado, em especial por nuvens altas, aumentando de nebulosidade a partir do fim da tarde e chuva no final do dia. A previsão aponta ainda para vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando por vezes forte nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira e na ilha de Porto Santo a partir da tarde. Nas terras altas, o vento soprará moderado a forte de sudoeste, tornando-se forte, com rajadas até 95 quilómetros por hora, a partir da tarde.

No Funchal as temperaturas vão oscilar entre os 20 e os 26 graus Celsius e no Porto Santo entre os 19 e os 25 graus.