#sharpiegate: um marcador que desenha o mundo ideal de Trump

@TheDailyShow
Fotogaleria
@TheDailyShow

Donald Trump mostrou aos jornalistas um mapa da esperada trajectória do furacão Dorian que parece ter sido alterado com um marcador negro, de forma a incluir o Alabama. O Presidente norte-americano está a ser acusado de apresentar "informação falsa" ao alterar o mapa oficial divulgado pelo Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos da América, o que constitui um crime, segundo a lei do país. No Twitter, rede social onde a agência norte-americana desmentiu primeiro o Presidente, o círculo desenhado a marcador originou um conjunto de críticas humorísticas partilhadas com a hashtag #sharpiegate, que agrega alterações a imagens reais que pintam o mundo como a administração do presidente norte-americano o vê. 

A agência oficial de Meteorologia já tinha publicado um tweet, a 1 de Setembro, onde se lia que o estado do Alabama, no sudeste do país, não seria impactado pelo furacão que fez, pelo menos, 30 mortos e devastou as Bahamas. O tweet vinha desmentir um outro, publicado na conta oficial do Presidente Donald Trump, onde se lia que "em adição à Florida, a Carolina do Sul e do Norte, a Geórgia e o Alabama vão muito provavelmente ser atingidos com (muita) mais intensidade do que se antecipava".

Mas uma fotografia na página de Flickr da Casa Branca, publicada a 29 de Agosto, mostra Donald Trump a receber informações com o mapa correcto, que já não incluia o Alabama, ao contrário do que mostravam as projecções iniciais que o presidente diz ter recebido. Questionado sobre se o mapa tinha sido alterado, Trump disse não saber o que tinha acontecido. 

A 5 de Setembro, o furacão Dorian chegava à costa da Carolina do Norte, nos EUA, onde são esperadas cheias de dimensões nunca antes registadas. As Nações Unidas estimam que nas Bahamas 70 mil pessoas precisam de ajuda humanitária imediata. As autoridades acreditam que o número de mortes vai subir. 

@bhall001
@mark_novata
@JohnRMoffitt
@aohillbilly
@TimTerminator2
@thomasghancock
@MecCoffee
@lesleyabravanel
@halltoons
@TheDailyShow
O mapa da trajetória do furação <i>Dorian</i> que parece ter sido alterado com um marcador preto. Donald Trump falava aos jornalistas na Sala Oval, na Casa Branca, a 4 de Setembro
O mapa da trajetória do furação Dorian que parece ter sido alterado com um marcador preto. Donald Trump falava aos jornalistas na Sala Oval, na Casa Branca, a 4 de Setembro REUTERS/Jonathan Ernst
Sugerir correcção