Miguel Oliveira faz melhor resultado de sempre em Moto GP

Em clara subida de forma, o piloto português promete um final de temporada com alguns “brilharetes”, tendo sido, neste domingo, o melhor KTM, inclusivamente à frente das motos oficiais da marca.

Oliveira em acção na Áustria.
Foto
Oliveira em acção na Áustria. LUSA/DOMINIK ANGERER

O português Miguel Oliveira (KTM) conseguiu, neste domingo, o melhor resultado no Mundial de MotoGP, ao terminar o GP da Áustria na oitava posição.

Em clara subida de forma, o piloto promete um final de temporada com alguns “brilharetes”, tendo sido, neste domingo, o melhor KTM, inclusivamente à frente de quem usa, habitualmente, as KTM de fábrica: Zarco foi 12.º e Espargaró desistiu. Nota, ainda, para mais uma desistência de Hafizh Syahrin, companheiro equipa de Oliveira e “barómetro” de resultados do piloto português.

No final da corrida, Hervé Poncharal, director da equipa KTM, deixou elogios ao português. “Foi uma corrida fantástica do Miguel. Se olharem para o ritmo dos primeiros, nós estamos lá. O próximo passo é tentar uma melhor posição na qualificação e ficar por lá. Vocês [portugueses] têm um grande piloto”, analisou, à SP-TV.

PÚBLICO -
Aumentar

Oliveira, que partiu da 13.ª posição e correu, hoje, com moto de fábrica, terminou a corrida “caseira” da KTM a cerca de 16 segundos do vencedor, o italiano Andrea Dovisiozo (Ducati), que bateu o espanhol Marc Márquez (Honda), na última curva, dando a quarta vitória consecutiva à marca italiana no circuito austríaco.

Com este resultado, Oliveira ascendeu à 15.ª posição do campeonato, com 26 pontos – à frente da KTM oficial de Zarco –, contra os 230 do líder Márquez, que perdeu parte da vantagem que tinha para Dovizioso. Há, agora, 58 pontos entre os dois primeiros do Mundial.