Wolverhampton regressa aos golos europeus 38 anos depois e em português

Diogo Jota e Ruben Vinagre marcaram os golos para os ingleses (2-0) orientados por Nuno Espírito Santo. Vários portugueses na luta para discutirem acesso à Liga Europa, mas com sortes diferentes.

Foto
Adeptos querem "Wolves" nas competições europeias e há portugueses a ajudar WOLVERHAMPTON WANDERERS/TWITTER

Em dia de primeira mão da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga Europa, estiveram muitos portugueses em campo e no banco a tentar alcançar a fase de grupos da competição.

O Wolverhampton, um dos favoritos a completar essa caminhada, venceu o seu primeiro jogo oficial desta temporada, em casa, contra o Crusaders da Irlanda do Norte por 2-0. Os autores dos golos foram os portugueses Diogo Jota e Ruben Vinagre que fizeram os primeiros golos dos “wolves” em competições europeias 14.176 dias depois, ou seja após 38 anos de jejum. O técnico Nuno Espírito Santo lançou ainda Rui Patrício, João Moutinho e Ruben Neves no “onze” inicial; Vinagre entrou na segunda parte.

Na Polónia, o Lechia Gdansk, possível adversário do Sp. Braga se passar esta fase, venceu os dinamarqueses do Brondy por 2-1. O primeiro golo foi marcado pelo avançado português Flávio Paixão, ao converter um penálti.

Semifinalista da última Liga Europa, o Eintracht Frankfurt, venceu na Estónia o Flora por 1-2. Gonçalo Paciência foi titular mas acabou substituído pelo reforço Joveljic, que fez o golo da vitória.

Igualmente vitoriosos foram os médios Nuno Tomás, Tiago Rodrigues e Bikel pelos búlgaros CSKA Sofia (em casa, por 1-0, frente aos croatas do Osijek); Miguel Vítor nos israelitas do Hapoel Beer Sheva (2-0 frente ao Kairat do Cazaquistão); e Diogo Salomão pelos romenos do Steaua Bucareste (3-0 frente ao Alshkert, na Arménia).

Nuno Reis, defesa no Levski Sofia, participou na derrota da sua equipa frente ao AEK Larnaca, do Chipre, por 3-0, tal como Ricardo Chéu, que orienta os eslovacos Spartak Trnava e perdeu frente com o Lokomotiv Plovdiv por 2-0.

Os romenos do Universitatea Craiova, onde jogam o avançado Carlos Fortes e o defesa Tiago Ferreira empataram a zero frente ao Honved, na Hungria.

Outros favoritos com vitórias folgadas

A segunda pré-eliminatória de acesso à Liga Europa conta com outros nomes de peso, que também procuram disputar a prova secundária da UEFA. Alguns dos emblemas venceram por larga margem.

O Gent, da Bélgica, venceu em casa os romenos Viitorul Constanta por 6-3; o Espanyol de Barcelona goleou o Stjarnan, da Islândia, por 4-0; e os italianos do Torino bateram o Debrecen, da Hungria, por 3-0.

A segunda mão destes jogos, tal como o do V. Guimarães frente ao Jeunesse Esch,​ acontecem na próxima semana, entre terça e quinta-feira.