Entrevista

Ben Ainslie: “Lagos é dos melhores locais para vela em que estive”

O mais bem-sucedido velejador olímpico da história lidera a INEOS Team UK, equipa que esteve no Mundial de GC32, disputado no Algarve. A intenção foi a de preparar a 36.ª edição da America’s Cup, o mais antigo troféu internacional, que será realizada em 2021 em Auckland, na Nova Zelândia.

Ben Ainslie tem a responsabilidade de liderar o projecto de 122 milhões de euros da INEOS Team UK
Foto
Ben Ainslie tem a responsabilidade de liderar o projecto de 122 milhões de euros da INEOS Team UK Lloyd Images

Para os menos familiarizados com a vela de competição ou grandes feitos nos Jogos Olímpicos (JO), o nome Ben Ainslie pode dizer pouco ou nada. Mas se dissermos que se trata do mais bem-sucedido velejador olímpico da história e que no seu currículo tem quatro medalhas de ouro (2000, 2004, 2008 e 2012) e uma de prata (1996) em JO, 11 títulos mundiais e nove europeus em diferentes classes, uma America’s Cup (2013) e quatro distinções de “Melhor Velejador do Mundo”, talvez seja mais fácil explicar por que motivo este inglês foi nomeado por três vezes pela BBC para “Personalidade do Ano no Desporto” no Reino Unido - ganhou em 2008 batendo a concorrência de Lewis Hamilton, Andy Murray ou Bradley Wiggins -, e qual o motivo que levou a Rainha de Inglaterra a atribuir-lhe, em Março de 2013, o título de Sir.