Relatório do Parlamento propõe estudar quotas em universidades para negros e ciganos

Documento preliminar redigido pela deputada do PS Catarina Marcelino resulta de colaboração de todos os partidos. Foram ouvidas mais de 30 entidades e pessoas. Vieira da Silva e Jorge Lacão sublinham necessidade de o Estado intervir.

Ensino superior
Foto
Adriano Miranda

O documento é preliminar e a sua relatora, a deputada do PS Catarina Marcelino, ainda irá incorporar sugestões, mas para já deixa em cima da mesa propostas como a criação de quotas nas universidades para afrodescendentes e ciganos. Diz o documento: “Desenvolver um estudo sobre a integração de jovens afrodescendentes e ciganos no Ensino Universitário, com vista a avaliar possibilidades de integração de medidas de acção positiva.”