Benfica e Atlético confirmam João Félix em Madrid

O emblema espanhol fala do jogador português como “puro talento”. João Félix chega à liga espanhola por 126 milhões de euros. É a maior transferência do campeonato português.

,SL Benfica
Fotogaleria
LUSA/MANUEL DE ALMEIDA
,Manchester United FC
Fotogaleria
LUSA/FERNANDO VELUDO
João Félix
Fotogaleria
João Félix LUSA/ANTÓNIO COTRIM
,Primeira Liga
Fotogaleria
LUSA/MARIO CRUZ
,Primeira Liga
Fotogaleria
LUSA/ANTONIO COTRIM
,2018–19 Primeira Liga
Fotogaleria
LUSA/JOSE COELHO
Fotogaleria
LUSA/JOSE COELHO
,Transferir
Fotogaleria
Reuters/PEDRO NUNES
,Primeira Liga
Fotogaleria
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
,Primeira Liga
Fotogaleria
LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

João Félix já é, oficialmente, jogador do Atlético de Madrid. Os “colchoneros” e o Benfica confirmaram ambos a transferência do atleta. A saída do jogador de 19 anos custará ao clube espanhol 126 milhões de euros, seis milhões acima do valor da cláusula de rescisão assinada com as “águias", tornando-se na transferência mais cara da história do futebol português e do Atlético de Madrid.

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD comunicou, nesta quarta-feira, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários que chegou a acordo com o Club Atlético de Madrid, SAD para a transferência a título definitivo dos direitos desportivos do jogador João Félix pelo montante de 126 milhões de euros”, diz uma nota do clube.

Na informação prestada à CMVM, “o Benfica explica que o Atlético de Madrid “pagará a pronto um valor de 30 milhões de euros e que a Benfica SAD efectuará uma operação de desconto sem recurso dos restantes 96 milhões de euros, sendo os custos financeiros associados a esta operação de 6 milhões de euros”, detalhando ainda que, “desta forma, a Benfica SAD garante o recebimento do montante de 120 milhões de euros no momento da transferência do jogador”.

O Benfica recebe 126 milhões de euros, sendo que, a pronto, o Atlético de Madrid paga 30 milhões. Os restantes 96 milhões são adiantados por uma entidade financeira aos “encarnados” que recebem também de imediato este montante mas que, por esta operação, pagam 6 milhões de euros. Para além disso, o Benfica pagará também 12 milhões de euros (correspondente a 10%) aos empresários que intermediaram a operação e que serão também abatidos aos 126 milhões. Já os 1,2 milhões de euros devidos ao FC Porto, correspondentes ao mecanismo de solidariedade, serão pagos pelo Altético de Madrid. Os “dragões” irão beneficiar dos direitos de formação do jogador que passou pelas escolas portistas durante quatro temporadas (0,25% por cada época), depois dos 12 anos de idade. Os direitos de formação são obrigatoriamente taxados pela UEFA.

A maior transferência do campeonato português

Este valor torna João Félix na maior transferência da história do campeonato português, ultrapassando valor de transferências como Hulk, James Rodríguez, Ederson, João Mário e Éder Militão.

Durante as últimas semanas, muito se falou no universo futebolístico acerca da transferência de João Félix. À medida que a imprensa ibérica dava como certa a mudança milionária, o programa televisivo espanhol da Mega TV, El Chiringuito de Jugones, chegou a “apanhar” o jovem jogador com o empresário português Jorge Mendes, em Madrid. O momento estaria a confirmar todas as notícias avançadas, mas o agente apenas respondeu para as câmaras que “estava num jantar entre amigos”.

PÚBLICO -
Foto
João Félix agarra na taça do Campeonato conquistada pelo Benfica na época 2018/2019 JOSÉ SENA GOULÃO

A oficialização deste negócio termina assim a corrida de outros clubes europeus ao futuro do avançado português. A imprensa desportiva nacional e internacional chegou a avançar nas últimas semanas que o Manchester City, de Inglaterra, também estava disposto a pagar a cláusula de rescisão. Outros clubes europeus como Manchester United, Barcelona e Real Madrid também estavam atentos à situação do jovem jogador.

João Félix foi uma das figuras da reconquista do campeonato nacional pelo Benfica. Erguendo a camisola número 79 dos “encarnados” em 43 aparições na última temporada, Félix marcou 20 golos. Quando convocado pela primeira vez à selecção nacional A conquistou a primeira Liga das Nações.

A entrada de João Félix servirá para colmatar a saída de Antoine Griezmann no ataque do Atlético de Madrid. O francês vai-se mudar para o Barcelona, confirmou o CEO do Atlético de Madrid, Gil Marin, a 12 de Junho. Os “colchoneros” terminaram a última Liga espanhola em segundo lugar. com Francisco Correia