Médicos vão ter guia para atender utentes transgénero e intersexo

Estratégia inédita na saúde vai dar aos profissionais orientações para actuação e boas práticas nos cuidados a utentes LGBTI+.

,Médico
Foto

É apresentada nesta segunda-feira a Estratégia de Saúde para as pessoas LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transgénero e intersexo), coordenada pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) em colaboração com unidades de saúde, a Secretaria de Estado da Igualdade e associações da sociedade civil. Trata-se de um conjunto de orientações para que todos os serviços públicos de saúde (dos centros de saúde aos hospitais, passando pelos serviços especializados) promovam um atendimento adequado a utentes que não se encaixam na normatividade heterossexual.