Um Bailarino na Batalha de Hélia Correia vence Grande Prémio de Romance e Novela

O prémio, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores, resultou de uma escolha unânime do júri coordenado por José Manuel de Vasconcelos.

Hélia Correia sucede a H. G. Cancela, vencedor do prémio em 2018 com <i>As Pessoas do Drama</i>
Foto
Hélia Correia sucede a H. G. Cancela, vencedor do prémio em 2018 com As Pessoas do Drama Enric Vives-Rubio

A escritora Hélia Correia é a vencedora por unanimidade do Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE), pela obra Um Bailarino na Batalha, anunciou hoje a associação. “O júri, coordenado por José Manuel de Vasconcelos, e constituído por Clara Rocha, Cristina Robalo Cordeiro, Fernando Pinto do Amaral, Maria de Lurdes Sampaio e Salvato Teles de Menezes, deliberou, por unanimidade, atribuir o Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLAB à obra Um Bailarino na Batalha”, lê-se no comunicado divulgado esta sexta-feira.

Os escritores Djaimilia Pereira de Almeida, Hélia Correia, Joana Bértholo, Julieta Monginho e Rui Laje eram os finalistas do Grande Prémio de Romance e Novela da APE. Com um valor de 15 mil euros, é um prémio literário atribuído pela APE desde 1982, com o objectivo de consagrar uma obra de ficção de autor português, publicada no ano anterior à atribuição do prémio. No ano passado o romance vencedor foi As Pessoas do Drama, de H.G. Cancela, autor que já antes fora finalista do Grande Prémio da APE com o seu terceiro romance, Impunidade, de 2014.

O Prémio já foi atribuído a 31 autores, tendo-o obtido por duas vezes os escritores Vergílio Ferreira, António Lobo Antunes, Mário Cláudio, Agustina Bessa-Luís, Maria Gabriela Llansol e Ana Margarida de Carvalho.