Nélson Oliveira vence a medalha de prata no contra-relógio

Portugal arrecada mais uma medalha nos II Jogos Europeus a acontecer em Minsk, na Bielorrússia. Já são sete.

,Ciclo-cruz
Foto
Nélson Oliveira tem 30 anos Reuters/PAUL HANNA

Portugal venceu a medalha de prata no contra-relógio em ciclismo dos Jogos Europeus. Nélson Oliveira ficou em segundo lugar na prova, a decorrer em Minsk, na Bielorrússia. O ciclista português completou o tempo de 33 minutos, 31 segundos e 82 centésimos, sendo apenas ultrapassado pelo bielorrusso Vasil Kiryenka.

O corredor natural de Anadia, que tinha sido 10.º na prova de fundo, tem no seu historial no contra-relógio o quarto lugar nos Mundiais de 2017, o sétimo nos Jogos Olímpicos Rio2016 e um terceiro posto num ‘crono’ da Volta a França em 2016.

“Subir a bandeira a um lugar do pódio é sempre bom. É gratificante e penso que Portugal está contente com esta medalha. Todos queriam a de ouro, mas isso hoje não foi possível porque havia um corredor melhor do que eu, o Vasil Kiryienka – parabéns a ele – e vou continuar a lutar para ver se um dia chego ao lugar mais alto do pódio”, analisou Nélson Oliveira, em declarações à Lusa.

“É óbvio que um primeiro lugar seria bastante melhor, mas um segundo é sempre melhor do que um terceiro. Estava perante um ciclista que já foi campeão do mundo, a correr em sua casa, e isso é uma motivação extra. Mas estou contente com a minha prestação. São provas sempre duras e é um esforço individual bastante duro. Estou bastante satisfeito por poder dar uma medalha a Portugal e isso é que é importante”, explicou o ciclista.

Esta é a sétima medalha para Portugal nos II Jogos Europeus. Carlos Nascimento conquistou o ouro nos 100 metros, Bárbara Sequeira, Francisca Maia e Francisca Sampaio Maia conquistaram pratas em ginástica acrobata em combinado e no exercício dinâmico e bronze na prova de equilíbrio.

Conquistaram igualmente a medalha de bronze a judoca Telma Monteiro e a estafeta mista 4x400 metros, de Ricardo dos Santos, Cátia Azevedo, João Coelho e Rivinilda Mentai. 

Há uma oitava medalha assegurada para Portugal depois de se ter qualificado também esta terça-feira para a final da competição mista de judo.

Nestes II Jogos Europeus, que reúnem quatro mil atletas de 50 países em 15 desportos, Portugal compete com 98 elementos em atletismo, badmínton, futebol de praia, canoagem, ciclismo (estrada, contra-relógio e pista), ginástica (artística, trampolins, aeróbica e acrobática), judo, karaté, lutas amadoras, tiro, tiro com arco, tiro com armas de caça e ténis de mesa.