Partidos têm 50 milhões em imóveis, a maioria isenta de IMI. PSD é o mais rico

Rio pediu ajuda às Finanças para reapreciar os seus imóveis e tornou-se o partido com maior capital imobiliário. De 5,9 passou para 26,3 milhões de euros, o que representa mais de metade do valor patrimonial declarado por todos os partidos com assento parlamentar.

Foto

O PSD tornou-se, no espaço de um ano, o partido mais rico em imóveis, ultrapassando o PCP que, historicamente, é o que detém mais património imobiliário. Em 2018, o Partido Social Democrata declarou a existência de 26,3 milhões de euros em activos fixos tangíveis (sobretudo imóveis, mas também automóveis e outros bens), valor que é mais de quatro vezes superior ao declarado em 2017, quando se situava em apenas 5,9 milhões de euros.