“Mas... é por amor ou por interesse?”

Há estrangeiros que optaram por viver em Portugal e essa escolha nada teve que ver com uma paixão pelo país. Isso é mau? Não!

Neste episódio do podcast Histórias de Portugal conhecemos Irene van Hoek e Hans de Jong, um casal de holandeses que em 1998 – e após alguns anos a fazer férias por cá e a sondar oportunidade de negócio – decidiu viver e trabalhar em Portugal; mais concretamente no Parque de Campismo O Tamanco, em Outeiro do Louriçal, Pombal.

O que distingue esta história de quase todas as histórias de estrangeiros que optam por viver e investir em Portugal que se lêem, vêem ou ouvem na comunicação social? A brutal – e saudável – frontalidade com que Irene e Hans admitem que a relação que têm com o nosso país nada tem que ver com uma tão apregoada “paixão”, ou com juras de amor. O pragmatismo holandês disse-lhes para explorar oportunidades de negócio em Portugal… porque Espanha já tem muitos holandeses.

E por Portugal ficaram. Com os encantos... mas também os desencantos do país.

Mas por Portugal é provável que não fiquem. O pragmatismo diz-lhes que haverá outras oportunidades, noutras partes do mundo. E que é bom “não fechar janelas”, para “poder ver o que está lá fora”. Para já, estão por cá, a gerir o Parque de Campismo O Tamanco.

Oiça o episódio e conheça esta história — que tem várias histórias dentro.

Se conhece uma boa história que praticamente toda a gente desconhece, entre em contacto com a equipa do podcast Histórias de Portugal, de Saudade e Outras Coisas. Porque toda a gente tem uma história para contar.

Subscreva o podcast Histórias de Portugal no iTunesSoundcloudSpotify e nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.