Ponte móvel de Leixões reabre dia 18 de Julho

A ponte está encerrada desde quinta-feira, dia 13 de Junho, devido a uma avaria que “implica a substituição de um cilindro hidráulico”, informa a APDL em comunicado.

Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Fotogaleria
Paulo Pimenta
Carro
Fotogaleria
Paulo Pimenta

A ponte móvel de Leixões, interdita desde as 23h00 de quinta-feira, vai reabrir ao trânsito rodoviário e pedonal no dia 18 de Julho, informa esta terça-feira a Administração dos Portos do Douro, Leixões, e Viana do Castelo (APDL).

O comunicado da APDL avança que a avaria na ponte móvel que liga Matosinhos a Leça da Palmeira é “complexa que implica a substituição de um cilindro hidráulico” por parte de empresas externas. O anúncio da data de reabertura estava dependente das previsões de recuperação dadas pelas firmas.

Logo depois da interdição, foi activado, de forma gratuita, o transporte de peões entre Matosinhos e Leça da Palmeira, que continua a ser assegurado por autocarros fretados pela APDL, de acordo com o comunicado. O trânsito automóvel foi direccionado para o viaduto da A28.

Os autocarros estão disponíveis 24 horas por dia, a cada dez minutos entre as 7h e as 22h e de 20 em 20 minutos durante a noite (das 22h às 7h). Em Matosinhos, a paragem encontra-se no acesso nascente à ponte móvel, junto à paragem da Maré. Em Leça da Palmeira, fica por baixo da ponte, junto à paragem dos STCP.

Texto editado por Ana Fernandes