A hierarquia de Keizer: Taça de Portugal é “mais importante” do que jogo da I Liga

Com dois jogos consecutivos contra o FC Porto, o treinador do Sporting esclareceu qual é a sua prioridade.

Marcel Keizer
Foto
Marcel Keizer LUSA/MIGUEL A. LOPES

O treinador do Sporting reconheceu nesta sexta-feira que a final da Taça de Portugal é o duelo mais importante dos dois frente ao FC Porto, mas garantiu determinação para vencer no Dragão, no sábado, na I Liga de futebol.

“É um jogo muito importante, também devido ao prestígio. Duas boas equipas, dois grandes clubes. Todos os jogadores querem vencer este tipo de desafios. Não é importante pelos pontos, mas pela vitória. Contudo, sabemos que na próxima semana é ainda mais importante”, vincou Marcel Keizer.

O técnico abordava o jogo da 34.ª e última jornada, no sábado, às 18h30, no Estádio do Dragão, mas também a final da Taça de Portugal, a 25 de Maio.

Sem derrotas contra o FC Porto

“O FC Porto é um conjunto muito forte fisicamente e organizado, com muita qualidade técnica. Jogam futebol de Liga dos Campeões. O título português está em aberto. É um adversário muito forte e temos dois jogos com eles numa semana. Vai ser um bom desafio para nós”, reconheceu.

Esta época, Sporting e FC Porto empataram 0-0 em Alvalade, na 17.ª jornada, defrontando-se ainda na final da Taça da Liga, que os “leões” venceram no desempate por penáltis, depois de Bas Dost (90'+2'), de penálti, ter empatado o jogo após Fernando Andrade ter inaugurado o marcador aos 79’.

“[Sérgio Conceição] É um treinador muito consistente, coloca a equipa a praticar bom futebol, com boa organização. Gosta de boas exibições. Estou de fora, não dentro [do FC Porto], mas é positivo ver esta equipa a jogar. Por isso, é um grande desafio jogar frente a eles. Vamos ver o que vai acontecer”, prosseguiu.

Recorde de Bruno Fernandes secundarizado

Bruno Fernandes está a um golo do suíço Seferovic, do Benfica, na lista de melhores marcadores, contudo o técnico holandês garante que essa luta “não é importante".

“O que é importante é que todos estejam preparados para a final da Taça de Portugal. Temos alguns jogadores a descansar e outros que têm de continuar a jogar para manter o ritmo. Veremos os que descansam e os que continuam a jogar...”, comentou, sem revelar se o médio vai alinhar no Dragão ou se o poupa para o Jamor.

Marcel Keizer assume que não lhe cabe dizer quem vai ser campeão, mantendo o foco apenas no seu grupo e naquilo que este ainda pode ganhar nos dois encontros que faltam para fechar a época, ambos com os “dragões”.

O lateral direito macedónio Ristovski e o central uruguaio Coates estão castigados e não jogam no Dragão.