Avião com 143 pessoas a bordo cai em rio, mas todos sobreviveram

Avião comercial transportava 143 pessoas. Há 21 feridos ligeiros.

,Aeronave
Foto
Avião não ficou submerso e evacuação foi feita de imediato Reuters/SOCIAL MEDIA

Um avião comercial caiu num rio de águas baixas na noite desta sexta-feira perto da cidade norte-americana de Jacksonville, na Florida, depois de ter falhado a pista de aterragem durante uma tempestade. Não há mortos entre as 143 pessoas a bordo do Boeing 737 que tinha partido de Guantánamo, em Cuba.

O avião, com 136 passageiros e sete tripulantes, dirigia-se à base militar de Jacksonville, na Florida. Falhou a pista e entrou no rio St. Johns. De acordo com as autoridades, 21 pessoas foram transportadas para hospitais com ferimentos ligeiros.

Cherly Borman, uma das passageiras, disse à CNN que o voo tinha partido com mais de quatro horas de atraso e que a amaragem foi feita debaixo de trovoada. “Descemos e o avião atingiu o chão e ressaltou. Era claro que o piloto não tinha controlo total. Estávamos na água e não conseguíamos dizer onde estávamos, se era num rio ou num oceano”.

PÚBLICO -
Foto
Não houve registo de vítimas mortais ou feridos graves SOCIAL MEDIA / REUTERS

De acordo com o New York Times, o aparelho estava ao serviço da Miami Air International, companhia  que assegura a ligação entre a base de Guantánamo e as bases de Jacksonville, na Flórida, e Norfolk, na Virginia.  

Não são ainda conhecidas as causas do acidente que está a ser investigado pela Boeing e pela National Transportation Safety Board, a agência norte-americana responsável pela investigação de desastres aéreos.