Daniel Rodrigues deixa concorrência a perder de vista

Lidera com 14 de vantagem para última volta do Nacional Absoluto

Daniel Rodrigues durante a terceira volta no Montado ©  FILIPE GUERRA/GOLFTATTOO/FPG
Foto
Daniel Rodrigues durante a terceira volta no Montado © FILIPE GUERRA/GOLFTATTOO/FPG

Daniel Rodrigues, do CG Miramar, e Sofia Sá, da Quinta do Peru, continuam a protagonizar desempenhos dominadores no Campeonato Nacional Absoluto – Audi que decorre no Montado Hotel & Golf Resort, em Palmela.

Pela terceira vez em outras tantas voltas, “Dani” fez o melhor resultado na prova masculina. Hoje foram 69 pancadas, 3 abaixo do Par, a juntar às de 70 e 67 dos dois primeiros dias, numa prestação com 5 ‘birdies’, 1 ‘eagle’, 2 ‘bogeys’ e 1 duplo ‘bogey’.

Somando 206 (-10), aumentou a vantagem sobre a concorrência de cinco para 14 pancadas. Pedro Silva (71-71-78) e João Maria Pontes (72-74-74), também de Miramar, partilham o segundo lugar com 220 (+4).

Gonçalo Costa, do CG Belas, totaliza 221 (73-73-75) e está isolado em 4.º, seguindo-se Pedro Perestrelo (71-77-74), da Aroeira, e Alberto Costa Marques (75-71-76), de Miramar.

O ‘cut’ aos 54 buracos, para a primeira metade da tabela classificativa e eventuais empatados, fixou-se em 242 (+26), deixando em prova para domingo 48 jogadores.

Perante o fosso que cavou para o resto do ‘field’, “Dani” disse ao Gabinete de Imprensa da FPG que o seu objetivo para domingo é superar o registo de -13 obtido neste mesmo campo por ocasião da vitória de Fevereiro no Internacional Amador de Portugal.

 

Sofia Sá e Leonor Medeiros jogaram juntas no sábado © FILIPE GUERRA/GOLFATTOO/FPG

Na prova feminina, Sofia Sá registou, com 69, a melhor volta do torneio até ao momento e manteve-se na frente pelo terceiro dia consecutivo. E fez ‘birdie’ no 11, um buraco onde marcara triplo ‘bogey’ nas duas voltas anteriores perdendo aí 6 pancadas para o par.

Com um total de 214 (72-73-69), 2 abaixo do Par, Sofia Sá aumentou a vantagem sobre a sua companheira de clube Leonor Medeiros – que fez 71 – de uma para três pancadas.

Tudo aponta para um duelo entre ambas no domingo, já que a mais próxima portuguesa, Rita Costa Marques, é 4.ª com 226 (81-73-72). A sueca Maia Samuelsson, jogando oficiosamente, ocupa a 3.ª posição com 225 (77-73-75).

 “Amanhã é começar como hoje, com calma, ainda faltam 18 buracos, mas sempre com a mesma atitude dos outros dias”, disse.

Leonor Medeiros, que soma 217 (75-71-71), acredita na reviravolta: “Tenho mais um dia, estou a três pancadas e vou dar o máximo. Sei que o meu jogo está ótimo e posso fazer uma volta bem abaixo do par como ontem.” 

O ‘cut’ ficou em 241 (+25) e deixou em prova oito jogadoras. 

Domingo, o grupo de honra nos homens, com “Dani”, J.M. Pontes e P. Silva, sai pelas 10h45, ao passo que o de senhoras, com Sofia e Leonor, arranca pelas 8h21. 

 

 

Veja mais em www.golftattoo.com