Fotogaleria

O Vox no centro de Madrid: “Vamos a eles! Acordaram a alma adormecida de Espanha!”

Mais de 10 mil pessoas estiveram presentes no fim da campanha do nacionalista Vox, na Praça Colón.

Adriano Miranda/Público
Fotogaleria
Adriano Miranda/Público

O evento de encerramento da campanha eleitoral do Vox atraiu mais de 10 mil pessoas à Praça Colón, no centro de Madrid, na sexta-feira ao final da tarde, que celebraram com entusiasmo fervoroso “as últimas 48 horas da ditadura progressista”, representada pelos partidos tradicionais.

Jovens, velhos, mulheres, homens e crianças embrulharam-se em bandeiras de Espanha, pintaram-se de amarelo e vermelho e juntaram as suas vozes ao coro que, obedientemente dirigido por Santiago Abascal e outras figuras do partido nacionalista, condenava os “inimigos de Espanha”, os “terroristas separatistas”, os “políticos traidores”, os que “querem roubar as almas das crianças”, os que “querem abrir a porta aos imigrantes delinquentes” e os que “preferem a anti-Espanha à Espanha viva”. 

O novo jogador do xadrez político espanhol promete dispersar o voto à direita nas eleições legislativas de domingo e baralhar as contas para a formação do próximo Governo. 

“Vamos a eles, vamos a eles! Acordaram a alma adormecida de Espanha!”, proclamou-se na Praça Colón. Texto de António Saraiva Lima

Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público
Adriano Miranda/Público