Vídeos pornográficos com crianças na posse de programador informático

Suspeito de 43 anos reside na Mealhada, tendo-lhe sido aplicada prisão preventiva.

Foto
Fernando Veludo/NFactos/Arquivo

Um programador informático de 43 anos, residente na Mealhada, ficou em prisão preventiva depois de terem sido encontrados na sua posse mais de 25 mil ficheiros multimédia de pornografia de menores, entre os quais imagens e vídeos.

“Os indícios até ao momento recolhidos pela investigação permitem concluir que o suspeito se tem dedicado activamente à importação e distribuição de vídeos e de imagens de cariz pornográfico, em que são intervenientes crianças em práticas sexuais explicitas com adultos, a maioria claramente de tenra idade”, informa a Polícia Judiciária em comunicado.

Os métodos usados pelo informático, fruto dos conhecimentos que adquiriu ao longo da sua carreira, incluíam a utilização de um sistema operativo periférico que lhe permitia evitar a criação do histórico de partilhas no computador que usava habitualmente – o que lhe permitia dissimular a sua conduta criminosa, diz a PJ.

Por outro lado, usava programas de partilha (P2P) e recorria a sites que obrigam ao registo dos utilizadores, e cujos conteúdos são disponibilizados apenas a quem possui códigos de acesso.

Nas buscas à sua casa a Judiciária apreendeu não apenas equipamentos informáticos, mas também 90 doses de cannabis, estando a decorrer investigações para encontrar eventuais cúmplices.