Depois de agendamentos lotados, SEF abre 845 vagas em Maio

Por um atraso de 14 minutos, Nirmala voltou para a fila de espera de meses no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Sistema para regularizar trabalhadores tem estado fechado. Um casal do Bangladesh espera encontrar emprego e boas condições para a filha autista.

Foto
Labani, 27 anos, e Rafiqul, 36: "Portugal é um bom país para a imigração” Rui Gaudêncio

Foram 14 minutos de atraso, 700 euros de despesas para o lixo, 680 quilómetros de carro para nada, dois dias de trabalho perdidos, quatro meses à espera deitados ao ar — e mais tempo para voltar a ter marcação num dos concorridos balcões do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).