Golo madrugador facilitou regresso do Sp. Braga aos triunfos

Minhotos bateram o Tondela por 3-0 e repuseram a diferença para o Sporting na luta pelo terceiro lugar.

Foto
LUSA/HUGO DELGADO

O Sp. Braga repôs ontem em três pontos a desvantagem face ao Sporting na luta pelo terceiro lugar. Na 29.ª jornada da Liga, os minhotos interromperam um ciclo de três jogos sem ganhar (dois dos quais com o FC Porto, um para a Taça) com um triunfo convincente (3-0) sobre um Tondela que entrou em campo praticamente a perder.

Foram precisos somente 53 segundos para o marcador trabalhar no Estádio Municipal de Braga. Murilo, a actuar como lateral esquerdo, cruzou para a área, Ricardo Horta desviou e Wilson Eduardo, ao segundo poste, finalizou de primeira. Os anfitriões não poderiam ter desejado melhor entrada em cena.

O Tondela tentou responder mas sentiu dificuldades em alimentar Xavier e Tomané. Pepa tentou equilibrar o meio-campo ao lançar Peña, aos 36’, só que o ascendente do Sp.Braga era evidente e as restantes aproximações com perigo à baliza no primeiro tempo pertenceram em exclusivo aos minhotos.

Na segunda metade, Abel Ferreira manteve o 4x4x2 até aos 62’, altura em que apostou em Fransérgio par ter um terceiro médio que ligasse melhor o jogo por dentro com os avançados. E o segundo golo surgiu aos 65’, numa arrancada de Paulinho pela direita, que terminou com um remate feliz ao primeiro poste: a bola embateu no ferro, ressaltou nas costas do guarda-redes Cláudio Ramos e só parou no fundo da baliza.

O Tondela, a precisar de pontuar para se afastar da zona de perigo da tabela (está um ponto apenas acima da linha de água), viu então o adversário controlar a vantagem com bola e ainda dar a estocada final. Depois de o árbitro ter revisto as imagens de uma queda de Tomané na área bracarense, Paulinho lançou o contragolpe e assistiu Fransérgio para o 3-0, números do 15.º desaire dos beirões no campeonato.