Escolhas de Cristas para candidatos às legislativas geram descontentamento no CDS

Líder do CDS-Bragança demite-se em protesto, na JP de Lisboa discute-se boicote à campanha.

,CDS - Partido Popular
Foto
Assunção Cristas comNuno Melo na inauguração de um outdoor de campanha LUSA/MÁRIO CRUZ

A líder do CDS-Bragança, Carla Tavares, demitiu-se do cargo em protesto contra a forma como Assunção Cristas escolheu o cabeça de lista para as legislativas no distrito. Em Lisboa, na estrutura da Juventude Popular (JP), há quem pondere não fazer campanha por causa da aposta no ex-jornalista Sebastião Bugalho para sexto lugar da lista. No Porto, a inclusão do quarto lugar na quota da direcção nacional está a ser questionada.