Venezuela

Apagão deixa Venezuela às escuras

Governo fala em sabotagem na maior central hidroeléctrica do país.

Reuters
Fotogaleria
Reuters

Algumas das principais cidades da Venezuela, incluindo a capital Caracas, estão sem electricidade pelo segundo dia consecutivo esta sexta-feira. As autoridades tiveram de encerrar escolas e dar folga aos funcionários públicos devido a um problema técnico na maior central hidroeléctrica do país, que enfrenta uma grave crise política e económica. Grande parte das empresas privadas também estão encerradas.

Na quinta-feira, o ministro da Energia, Luis Motta Domínguez, afirmou que um acto de "sabotagem" terá estado na origem do problema, mas não forneceu informações adicionais. 

Segundo a Reuters, e devido ao facto de o metro de Caracas não estar a funcionar, multidões de venezuelanos encheram as ruas a caminho do trabalho. Grande parte fê-lo em vão — sem televisão ou internet, muitos não sabiam que as suas empresas e serviços não se encontram a laborar.

Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters
Reuters