Um guarda-redes chamado Revolta

Um chama-se Revolta. Outro ficou conhecido pelas “spaghetti legs”. E muitos têm a alcunha de “El Loco”. No episódio XXXVI do podcast Planisférico o assunto são guarda-redes. Excêntricos, temperamentais, virtuosos – e também improvisados. As balizas são abrigo de guardiões muito diversos, lembrados pelas defesas impossíveis e por aquelas que eram tão fáceis que eles tiveram de complicar. Como é que se explica a quem nunca viu o que é a “defesa do escorpião”?

Grandes guarda-redes passaram por Portugal, e também houve guarda-redes grandes que não eram grande coisa, porque jogar pela selecção do seu país não é necessariamente um sinal de qualidade. Prova disso é que Kralj continua a ser recordado, mas não por alguma coisa que tenha feito dentro de campo.

A confiança é a base de tudo, como bem sabe o futuro titular da selecção das Seychelles: “Jesus começou só com 12 followers”, e ele já tem mil e poucos no Instagram.

Subscreva o programa Planisférico no iTunesSoundCloudSpotify e nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.​