Claque do Estugarda apela à libertação de Rui Pinto

Mensagem foi escrita numa das tarjas exibidas no jogo deste fim-de-semana, para a Budnesliga.

Foto
timo0711

O Estugarda vive dias difíceis na Bundesliga, mas nem o desconfortável antepenúltimo lugar que ocupa na classificação demove os adeptos de comparecerem. Em mais um jogo de bancadas preenchidas, na Mercedes Benz Arena, as claques de apoio à equipa exibiram uma série de mensagens de incentivo, com a particularidade de, no meio delas, se destacar um assunto paralelo: a recente detenção do hacker português Rui Pinto.

"Liberdade para Rui Pinto", pode ler-se numa das tarjas levantadas nas bancadas de um jogo que o Estugarda perdeu, por 2-3, diante do Mainz. À mensagem escrita em alemão junta-se uma nota de rodapé em inglês, "contra o futebol moderno".

Esta foi a forma encontrada por uma das claques do clube para se solidarizar com o pirata informático que foi detido nesta semana, em Budapeste, e que está sujeito a prisão domiciliária. Em causa estão suspeitas de crimes de extorsão e acesso ilegítimo, sendo que Rui Pinto já assumiu, através dos seus advogados, ser o rosto por detrás do site Football Leaks, que libertou milhões de documentos confidenciais dos bastidores da modalidade.