CDS acusa Governo de “insensibilidade” no sector da saúde

Assunção Cristas estará no encerramento da iniciativa “Pela sua saúde”.

Isabel Galriça Neto fala no "desabar do SNS"
Foto
Isabel Galriça Neto fala no "desabar do SNS" Daniel Rocha

A deputada centrista Isabel Galriça Neto acusa o Governo de "insensibilidade" em relação aos problemas que afectam o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e o sector. As declarações foram feitas ao PÚBLICO na véspera da conferência “Pela sua saúde”, promovida, no sábado de manhã, pelo CDS na sede nacional do partido.

“Na primeira parte [da conferência], vamos evidenciar como a saúde tem sido uma prioridade para nós. Lamentavelmente, tem sido das áreas mais mal tratadas pelo Governo, com muitos casos graves, e estamos a ver o desabar do SNS. Vamos dar conta desta nossa preocupação central”, diz a deputada.

Lembrando que este é um “Governo de esquerda”, Isabel Galriça Neto acusa o executivo de “desinvestimento” e de provocar o “descontentamento de grupos de profissionais” no sector. Aponta “culpas” a todos os partidos que fazem parte da solução governativa (PS, PCP, BE e PEV), fala “num jogo de teatro”, numa “dissonância perigosa” do executivo por “desvalorizar a saúde” e mostrar “insensibilidade relativamente a uma realidade tão dramática”.

Na segunda parte, será abordada a Lei de Bases da Saúde: “Não se crie a ideia de que uma eventual aprovação da Lei de Bases possa resolver problemas de emergência. É preciso tomar medidas agora para melhorar o SNS e saúde dos portugueses”, diz a também médica.

A conferência começa às 10h15 com as centristas Ana Rita Bessa e Isabel Galriça Neto no painel “A realidade da saúde dos portugueses nos últimos anos”. Segue-se “SNS, Serviço ou Sistema Nacional de Saúde: a propósito da nova Lei de Bases”, com Germano de Sousa (do grupo de cidadãos que apresentou dez princípios orientadores para uma Lei de Bases da Saúde) e Manuel Caldas de Almeida, pela União das Misericórdias Portuguesas. A líder centrista, Assunção Cristas, fará a intervenção de encerramento.