Francois G. Durand/ Getty
Entrevista

E se as nossas roupas passassem a ter uma identidade digital?

Natasha Franck é fundadora da EON, uma empresa que criou uma etiqueta de RFID em forma de fio. Acredita que no futuro tudo terá um perfil digital e quer que esta tecnologia seja usada para promover a sustentabilidade e economia circular.

Será possível que no futuro todas as nossas roupas estejam ligadas à Internet? É esta a meta ambiciosa de Natasha Franck, fundadora da EON, uma empresa que quer juntar o mundo físico das roupas ao digital, através de uma etiqueta de RFID (identificação por radiofrequência) na forma de fio. A intenção é dar uma identidade digital às peças de roupa.