Passaporte: Lídia Franco filma com Michael Bay e mais um português em Vikings

O programa da Academia Portuguesa de Cinema, que reúne directores de casting internacionais com actores portugueses, terá a 4.ª edição em Lisboa em 2019. Balanço de 2018 começa a ser conhecido.

Foto
Lídia Franco, fotografada em 2007 DR

O programa Passaporte, que há três anos junta em Lisboa agentes de casting de todo o mundo a um grupo seleccionado de actores portugueses, já tem os primeiros resultados da edição de 2018: a actriz Lídia Franco está a filmar com Michael Bay num projecto Netflix, Ivo Alexandre integra o elenco da série Vikings e o projecto Fátima terá nove actores nacionais a contracenar com Harvey Keitel e Sónia Braga.

O primeiro balanço de 2018 foi divulgado esta quinta-feira pela Academia Portuguesa de Cinema, que promove o projecto Passaporte com a sua criadora, a directora de casting Patrícia Vasconcelos. Da sua edição inaugural, em 2016, resultou um dos seus triunfos mais reconhecíveis: a escolha de Albano Jerónimo para fazer parte do elenco da série de sucesso Vikings, num papel que lhe deu presença em cerca de quatro episódios da quinta temporada. Em 2018, numa edição em que estiveram presentes directores de casting e agentes vindos de várias partes do mundo, o irlandês Frank Moiselle voltou a encontrar um actor português para a série — Ivo Alexandre, que fez um papel na série Sara (RTP2), de Marco Martins, na ainda por estrear Sul, de Ivo M. Ferreira, ou nos filmes Ruth e São Jorge.

Também Lídia Franco, actriz com décadas de carreira na televisão, no cinema e nos palcos portugueses, está actualmente na Toscana (Itália) a filmar 6 Underground, o novo filme de Michael Bay para o Netflix, depois de ter sido escolhida pela directora de casting britânica Priscilla John (Mamma Mia!) no Passaporte em Maio deste ano. O filme, protagonizado por Ryan Reynolds, é um filme de acção e pouco se sabe sobre a sua intriga.

Já em filmagens em Portugal desde meados de Setembro e até ao final de Outubro está o filme Fátima, de Marco Pontecorvo, protagonizado por Harvey Keitel e Sónia Braga e cujo forte contingente de actores portugueses, diz a Academia Portuguesa de Cinema em comunicado, tem em parte origem na última edição do encontro. A directora de casting Camilla-Valentine Isola (O Homem que Matou D. Quixote, Os Crimes de Oxford) seleccionou Marco d’Almeida, Lúcia Moniz, Simão Cayatte, Carmen Santos, Joana Ribeiro, Ivo Alexandre, Maria d'Aires, Carla Chambel e Iris Cayatte. Uma ficção a partir da história dos três pastorinhos, já teve rodagem em Fátima e noutras localidades portuguesas.

O comunicado cita ainda que o actor Pedro Carmo “teve, recentemente, uma participação numa série norte-americana” que não pode ainda ser nomeada e que tem como directora de casting a americana Julie Schubert, que trabalhou nas séries Marvel do Netflix, no novo filme Footloose ou na série de David Fincher Mindhunter.

A Academia de Cinema confirma que a 4.ª edição do Passaporte se realizará em Maio de 2019 em Lisboa.