Jornal de Letras em alemão para comemorar os 20 anos do Nobel na Feira de Frankfurt

Jornal de Letras em alemão dedicado à literatura em língua portuguesa foi apresentado esta quinta-feira na Feira do Livro de Frankfurt, e haverá mais cinco edições semelhantes até à Feira do Livro de Leipzig em 2021.

Foto
A edição alemã do número especial do Jornal de Letras dr

Para assinalar os 20 anos da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago foi apresentada esta quinta-feira no stand da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), na Feira do Livro de Frankfurt, que está a decorrer até ao próximo domingo, uma edição especial em alemão do Jornal de Letras totalmente dedicado à literatura em língua portuguesa.

Esta iniciativa da Embaixada de Portugal na Alemanha, do Instituto Camões em Berlim e do Jornal de Letras insere-se no âmbito mais alargado do que está a ser preparado para a Feira do Livro de Leipzig em 2021 e contará até essa data com a publicação de mais cinco edições inteiramente destinadas à circulação na Alemanha.

“Portugal será o País Convidado de Honra da Feira do Livro de Leipzig em 2021, o que constitui um desafio e uma oportunidade para a nossa representação diplomática na Alemanha nas suas vertentes cultural, como foco, mas também económica e turística no espírito de afirmação do país no plano externo. Bastará recordar que foi já no ano longínquo de 1997 que Portugal foi o País em destaque na Feira do Livro de Frankfurt”, lembra neste número especial do JL o embaixador João Mira Gomes.

Ana Patrícia Severino, conselheira cultural da Embaixada de Portugal na Alemanha e directora do Camões Berlim, escreve nesta edição que é distribuída gratuitamente na Feira do Livro de Frankfurt, que “a literatura de língua portuguesa está hoje claramente sub-representada no universo de traduções disponíveis na Alemanha. A totalidade de obras traduzidas de autores de língua portuguesa, editadas neste país, representa cerca de 0,4% do mercado de tradução (dados de 2016). Nesse ano, foram traduzidas na Alemanha quase 10 mil obras, das quais apenas 37 são de autores de língua portuguesa.”

Acrescenta que “os cinco autores de língua portuguesa com mais traduções publicadas na Alemanha são Eça de Queirós, Fernando Pessoa, José Saramago, Lobo Antunes e o brasileiro Paulo Coelho. Foram publicadas 197 edições destes 5 autores, sendo que 152 são de Fernando Pessoa, José Saramago e Lobo Antunes. Existem, assim, várias gerações literárias completamente desconhecidas do leitor alemão”.

Por isso este número especial que desde ontem tem uma versão em português disponível para consulta online no site do JL inclui olhares de dois editores e dois tradutores alemães sobre as literaturas de língua portuguesa, do livreiro Teo Ferrer de Mesquita, autobiografias de três autores galardoados com o Prémio Camões, textos de Miguel Real e António Carlos Cortez sobre o romance e a poesia portugueses e crónicas de e sobre vários autores que têm vindo a integrar programas literários na Alemanha ou que assumem um papel central no panorama de edições em alemão de autores de língua portuguesa.

A escritora portuguesa Isabela Figueiredo, vencedora da Bolsa de Residência Literária do Camões/Centro Cultural Português em Berlim participa no programa oficial desta Feira do Livro de Frankfurt, onde está também o autor brasileiro João Paulo Cuenca e o autor angolano Kalaf Epalanga.