O que são os cosméticos capilares antipoluição?

Muitos dos ingredientes antipoluição capilar apresentam elevada afinidade para os cabelos deixando uma película protetora.

Fotogaleria
Andrew Worley/Unsplash
Fotogaleria
NUXE, HUILE PRODIGIEUSE COLLECTOR (29,90 euros) DR
Fotogaleria
O'right, Ice Shampoo (29,00 euros) DR
Fotogaleria
RENE FURTERER, Lumicia-vinagre de brilho (18,19 euros) DR

Pesquisas recentes comprovaram que a poluição poderá acelerar as disfunções no couro cabeludo ao obstruir o bolbo e folículos capilares, prevenindo a penetração de nutrientes e o arejamento do cabelo. Por outro lado, alguns constituintes oleosos do sebo do couro cabeludo podem oxidar na presença dos poluentes. Consequentemente, o cabelo fica áspero, opaco e quebradiço e o couro cabeludo poderá mesmo vir a escamar.

Neste contexto, surgem os cosméticos capilares antipoluição cujo mecanismo de ação consiste na eliminação dos poluentes promovendo uma limpeza profunda do couro cabeludo e dos fios sem alterar a cor e a hidratação capilar (ex. champôs e condicionadores à base de carvão; complexo AOX (L-Carnosina, Vitamina E, chá verde e extrato de Moringa que previnem a oxidação do sebo capilar) e “moléculas corretivas” da haste capilar e do couro cabeludo, além de protetores solares capilares.

Muitos dos ingredientes antipoluição capilar apresentam elevada afinidade para os cabelos deixando uma película protetora ao redor das hastes do cabelo fazendo com que os poluentes não adiram às mesmas, protegendo-as dos poluentes e dos seus efeitos.

Este tipo de produtos poderá reduzir ou até eliminar disfunções do couro cabeludo como sebor­reia, vermelhidão, sensibilização, caspa, além de melhorar a penteabilidade a seco, aumentar a força dos fios e o volume e manter o brilho capilar. De um modo geral, estes produtos deverão promover um efeito detox das raízes às pontas do cabelo.

A aposta da indústria cosmética em capilares antipoluição é crescente e acompanha a importância que o cabelo representa para cada mulher.