Benfica vence Sporting e a sexta Supertaça

"Encarnados" ganharam o primeiro troféu da época, impondo-se por 29-24.

Fotogaleria
LUSA/HUGO DELGADO
Fotogaleria
LUSA/HUGO DELGADO
Fotogaleria
LUSA/HUGO DELGADO
Fotogaleria
LUSA/HUGO DELGADO

Naquele que foi o primeiro clássico da época no andebol nacional, o Benfica venceu o Sporting, em Braga, por 29-24 e conquistou pela sexta vez no seu historial a Supertaça portuguesa.

Os "encarnados" comandaram o marcador em quase todo o encontro, foram mais eficazes nos remates de seis, sete e nove metros, cometeram menos falhas técnicas e acabaram por triunfar com naturalidade sobre o campeão nacional.

Ao intervalo, o Benfica (que chegou a estar a vencer por 7-1) ganhava por 14-11, uma diferença que se foi mantendo ao longo do segundo tempo. Na baliza dos "encarnados", o reforço Borko Ristovski foi determinante, enquanto no ataque foi Pedro Seabra quem mais se destacou, ao apontar nove golos.

Do lado do Sporting, Edmilson foi o melhor marcador, também com nove golos, sendo que a alternância na baliza foi maior, primeiro com Asanin, depois com Skok (que até marcou um golo numa altura em que Carlos Resende decidiu dar algum tempo de jogo aos menos utilizados).

"Há que dar os parabéns ao Benfica, que fez um excelente jogo. Tem sido uma preparação difícil para nós, tentámos apresentar-nos o melhor possível, mas temos muito para melhorar", admitiu o treinador do Sporting, Hugo Canela. 

Do lado contrário, Carlos Resende mostrava-se agradado com o desfecho. "Satisfeito porque a equipa deu uma resposta incrível em termos defensivos. Três golos sofridos em 15 minutos é fantástico contra uma equipa com a valia do Sporting. Isto é uma Supertaça, mas não deixa de ser só um jogo. Isto é apenas o início da época", alertou o técnico dos "encarnados".