Comissão de Fiscalização do Sporting quer expulsar Bruno de Carvalho

Ex-presidente do clube e os elementos destituídos da sua direcção vão receber nota de culpa

Bruno de Carvalho pode ser expulso de sócio
Foto
Bruno de Carvalho pode ser expulso de sócio LUSA/RODRIGO ANTUNES

A Comissão de Fiscalização do Sporting anunciou esta quinta-feira ter emitido uma nota de culpa a Bruno de Carvalho e aos restantes membros destituídos da sua direcção. Todos estão a ser notificados da abertura de um novo processo disciplinar que visa punir as acções que envolveram estes elementos após a Assembleia Geral (AG) de 23 de Junho último que afastou a direcção, nomeadamente a tentativa do ex-presidente de reocupar o seu cargo.

Ao longo dos 56 artigos da nota de culpa, os antigos dirigentes, em particular Bruno de Carvalho, são ainda acusados de tentarem anular os efeitos da referida AG, de terem divulgado o que se passou na mesma, a “desobediência” da medida de suspensão preventiva, de incentivarem pressões sobre a Mesa da AG ou a tentativa “gorada” de bloqueio das contas bancárias do clube.

Os visados terão agora 10 dias úteis para responderem às acusações.