Candidatura de Bruno de Carvalho rejeitada

Anúncio feito pelo presidente da mesa da assembleia geral, Jaime Marta Soares.

Candidatura de Bruno de Carvalho rejeitada
Foto
Candidatura de Bruno de Carvalho rejeitada LUSA/ANTÓNIO COTRIM

A candidatura de Bruno de Carvalho à presidência do Sporting foi rejeitada pela mesa da assembleia geral (MAG), anunciou nesta sexta-feira o presidente do órgão, em comunicado, dando conta de que apenas duas candidaturas estão totalmente conformes. "A candidatura apresentada por Bruno de Carvalho (Feitos de Honra, Leais ao Sporting) foi rejeitada", lê-se no comunicado subscrito por Jaime Marta Soares, após a verificação das listas concorrentes às eleições de 8 de Setembro.

O presidente da MAG não especifica as razões da rejeição da lista, mas Bruno de Carvalho foi recentemente suspenso de sócio pela comissão de fiscalização nomeada pelo órgão liderado por Marta Soares, na sequência da demissão da maioria dos membros do conselho fiscal e disciplinar.

Na mesma nota, Marta Soares indica que "foram devidamente verificadas como elegíveis para o acto eleitoral (...) as candidaturas de Frederico Varandas e de José Maria Ricciardi."

"As candidaturas apresentadas por Pedro Madeira Rodrigues (O Grande Sporting), João Benedito (Raça e Futuro), Eugénio Dias Ferreira (Pelo Teu Amor), Fernando Tavares Pereira (Unidos Venceremos) e Rui Jorge Rego (Projeto e Futuro) padecem de irregularidades formais que carecem ser rectificadas num prazo máximo de 48 horas por forma a que possam ser consideradas", conclui o comunicado.