Emigrante português na Suíça assassinado após ser confundido com ladrão

o caso está a ser acompanhado pelas autoridades portuguesas.

Basileia
Foto
Basileia LUIS MAIO

Um emigrante português, de 41 anos, foi assassinado em Basileia, na Suíça, depois de ter sido confundido com um ladrão, informou nesta sexta-feira uma fonte da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

De acordo com o Correio da Manhã, Daniel Machado foi agredido, quando estava num festival de música, depois de o autor ter pensado que se tratava de um ladrão. O português foi levado para um hospital em estado de coma, acabando por morrer mais tarde.

A mesma fonte do Governo português referiu que "o caso está a ser acompanhado pelas autoridades portuguesas da área de jurisdição do consulado-geral de Portugal em Zurique".