Chuva e granizo provocam inundações e estragos agrícolas em Vila Pouca de Aguiar

O mau tempo afectou também algumas aldeias limítrofes da sede do concelho, onde está a ser feito um levantamento dos estragos

Carro, sinal tráfego, asfalto, estrada superfície, veículo motor
Foto
Adriano Miranda

A chuva intensa, acompanhada de granizo, provocou inundações momentâneas em algumas artérias do centro de Vila Pouca de Aguiar e estragos a nível da agricultura, disse fonte da protecção civil municipal.

Duarte Marques, responsável pela protecção civil de Vila Pouca de Aguiar, referiu que "foram poucos minutos de chuva muito intensa, acompanhada de granizo", que provocaram inundações em vias do centro da vila, o arrastamento de um veículo e alguns estragos a nível de pavimentos, condutas e passeios.

O mau tempo afectou também algumas aldeias limítrofes da sede do concelho, onde está a ser feito um levantamento dos estragos que, segundo Duarte Marques, estão mais relacionados com a queda de granizo que afectou produções agrícolas, a nível de hortícolas, árvores de fruto e também alguma vinha.

O responsável referiu que a situação está a ser normalizada na vila, onde decorrem trabalhos de limpeza e de reparações.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco e Coimbra estão sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, podendo ser de granizo e acompanhados de trovoada e rajadas de vento, em especial nas zonas montanhosas.

O aviso amarelo entrou em vigor às 12h00 e termina às 21h00 desta quarta-feira