Fotogaleria
As estruturas são construídas de raiz, de acordo com as necessidades de cada cliente Marqqa
Fotogaleria
As peças podem transformar-se em consolas, mesas de apoio, bengaleiros ou carrinhos de chá Marqqa
Fotogaleria
O mobiliário Living é desenhado e produzido em Portugal Marqqa
Fotogaleria
A caixa electrificada permite que os telemóveis sejam carregados enquanto estão guardados Marqqa

Descomplicar é o segredo desta marca de mobiliário

A necessidade de organizar os objectos do dia-a-dia, que pousamos e não têm lugar definido, levou Sara Moura Martins a criar uma linha de mobiliário personalizável. Living é o primeiro produto da Marqqa

Uma estrutura com tubos metálicos pode rapidamente transformar-se numa consola, numa mesa de apoio, num bengaleiro ou num carrinho de chá. Tudo graças a 16 tampos personalizáveis que encaixam na estrutura e conferem uma função diferente a cada peça. Living é o primeiro produto da recém-criada Marqqa, empresa fundada pela arquitecta Sara Moura Martins, que cria soluções para que os clientes construam peças de mobiliário de acordo com os seus gostos e necessidades.

A estrutura é construída de raiz, por isso os interessados tanto podem escolher o tamanho, como os acabamentos. Já os tampos podem ser em madeira, em três tonalidades, ou lacados, com nove cores distintas. "Podemos conjugar estes materiais e estas cores de acordo com o ambiente de nossa casa e com o espaço onde a queremos colocar, conseguindo um mobiliário que pode ser mais sóbrio ou mais minimalista, mais conservador ou mais colorido", explica a fundadora do projecto, arquitecta de formação. "Conseguimos compor o nosso Living de acordo com aquilo que precisamos." E a composição pode ser alterada sempre que se deseje.

Certo é que as chaves, revistas ou cartas lá de casa nunca mais vão ficar perdidas — foi, aliás, para ajudar a solucionar essas situações que a marca foi criada. Nesse sentido, há tampos para todos os gostos, explica Sara. "Posso salientar, por exemplo, o tabuleiro para envelopes, onde podemos colocar as cartas que recebemos, com uma divisória para despeja-bolsos, onde podemos pôr as chaves", aponta. Esta peça é ideal para o hall de entrada, mas as soluções estendem-se ao resto da casa. Imaginamos facilmente a caixa para as revistas na zona de estar, o carrinho de chá entre a cozinha e a sala e o módulo para o computador portátil no escritório. É verdade, os telemóveis, tablets e computadores não foram esquecidos e podem ser carregados ao mesmo tempo que estão guardados na caixa electrificada.

PÚBLICO -
Foto
O mobiliário Living é desenhado e produzido em Portugal Marqqa

A versatilidade, realça a empreendedora, é uma das principais características destes móveis, que tanto se adaptam à "casa de um casal jovem, que usa cores mais coloridas e materiais menos sóbrios", como também aos lares "de pessoas mais conservadoras", bastando para isso, por exemplo, combinar uma "estrutura dourada com um tampo em carvalho".

PÚBLICO -
Foto
As peças podem transformar-se em consolas, mesas de apoio, bengaleiros ou carrinhos de chá Marqqa

Todas as peças são desenhadas e produzidas em Portugal. Na loja online, os interessados podem optar por combinações pré-definidas ou por personalizar o seu próprio conjunto. Até agora, o negócio corre bem. A linha tem conquistado os países nórdicos europeus, mas também os EUA. Os preços variam entre os 800 e os 1600 euros.

PÚBLICO -
Foto
A caixa electrificada permite que os telemóveis sejam carregados enquanto estão guardados Marqqa