William, Gelson e Bruno Fernandes também avançam com rescisão

Sobe para cinco o número de jogadores do Sporting a rescindir contrato.

Rúben Semedo, Sporting CP, Jogador de futebol
Foto
LUSA/Jose Coelho

Depois de Rui Patrício e Daniel Podence, nesta segunda-feira foram William Carvalho, Gelson Martins e Bruno Fernandes a avançar para a rescisão do contrato que os ligava ao Sporting, confirmou o PÚBLICO junto do clube “leonino”.

Esta semana é decisiva para os jogadores que foram vítimas de agressões por parte de elementos da claque "leonina" Juve Leo no centro de treinos do clube, em Alcochete, dado que se cumprem 30 dias do sucedido, terminando o prazo em que os atletas podem tomar acções deste tipo. E, logo no início deste período, três internacionais portugueses avançaram com a rescisão com justa causa.

Durante uma semana, o três atletas podem ainda recuar nesta sua decisão, tal como sucedeu com Podence e Rui Patrício, já que vigora o período de reflexão. Na altura, ambos mostraram-se disponíveis para tal no caso de Bruno e Carvalho deixar a presidência do clube. Mas o actual presidente dos "leões" não o fez e continua a afirmar não estar disponível, pelo que o Sporting corre o risco de perder de forma definitiva mais três titulares indiscutíveis do seu plantel.