Primeira mulher a comandar um patrulha oceânico da Marinha tomou posse

A comandante Vânia Carvalho ingressou na Marinha em 1997 e passa agora a comandar um navio patrulha ocêanico.

A Marinha tem várias mulheres comandantes de navio, sobretudo lanchas de fiscalização rápida
Foto
Ainda que a Marinha tenha sobretudo homens, existem várias mulheres comandantes de navio, sobretudo lanchas de fiscalização rápida enric vives-rubio/ARQUIVO

A primeira mulher a comandar um patrulha oceânico da Marinha Portuguesa tomou posse na sexta-feira ao assumir o cargo de comandante do Navio Patrulha Oceânico (NRP) Viana do Castelo, indicou este sábado aquele ramo das Forças Armadas. Em comunicado, a Marinha adianta que a capitão-tenente Vânia Carvalho tomou posse como comandante do NRP Viana do Castelo, tornando-se a primeira mulher a comandar um navio patrulha oceânico da Marinha Portuguesa.

Especializada em Hidrografia, a comandante Vânia Carvalho ingressou na Marinha em 1997, como cadete da Escola Naval, e ao longo dos mais de 20 anos de carreira como oficial de Marinha desempenhou diversas funções em várias unidades em terra e no mar.

Desde 2006 que a Marinha tem mulheres a comandar navios, em especial lanchas de fiscalização rápida.

O NRP Viana do Castelo, construído nos estaleiros navais de Viana do Castelo, foi concebido como navio não combatente, destina-se prioritariamente a exercer funções de autoridade do Estado e a realizar tarefas de interesse público nas áreas de jurisdição ou responsabilidade Nacional e tem uma guarnição de 44 pessoas.

A cerimónia de tomada de posse da comandante Vânia Carvalho realizou-se na Base Naval de Lisboa, no Alfeite, a bordo do navio.