Fotografia

As caras de Gaza tapam-se com o que vier à mão

Fotogaleria

Uma cebola, cortada a meio e colada contra o nariz por um pedaço de plástico recortado. Uma nuvem de algodão no topo de uma lata de refrigerante, a casca de uma toranja presa por um elástico: assim são as máscaras improvisadas de Gaza que tapam caras de todas as idades. Os manifestantes palestinianos recorrem aos dispositivos artesanais para se protegerem do exército israelita, que ataca com gás lacrimogéneo — e com munições reais, caso os manifestantes tentem ultrapassar as barreiras de segurança na zona fronteiriça. A “Marcha do Retorno”, organizada pelo Hamas, movimento islâmico da Palestina, deve concentrar dezenas de milhares de palestinianos, que se opõem à ocupação israelita, até 15 de Maio. Desde 30 de Março, pelo menos 40 palestinianos já morreram nos confrontos, segundo a agência francesa France Presse.