Peter Sagan impõe-se no Paris-Roubaix

O campeão do mundo de estrada triunfo pela primeira vez na prova.

Peter Sagan
Foto
Peter Sagan LUSA/ETIENNE LAURENT

O ciclista eslovaco Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), tricampeão do mundo de estrada, venceu neste domingo a clássica Paris-Roubaix, em França, ao atacar a mais de 50 quilómetros da meta para vencer a prova pela primeira vez.

Sagan, de 28 anos, impôs-se ao campeão suíço de estrada Silvan Dillier (AG2R La Mondiale), que tinha estado na primeira grande fuga do dia, cumprindo os 257 quilómetros da 106.ª edição da "Rainha das Clássicas" em 5h54m06s, com o holandês Niki Terpstra (Quick-Step Floors) a fechar o pódio 57 segundos depois.

Sagan é o primeiro campeão do mundo de estrada desde o francês Bernard Hinault, em 1981, a triunfar no "Inferno do Norte", como é conhecida a clássica, caracterizada pelas muitas secções de empedrado (pavé).

A prova ficou ainda marcada pela queda grave do ciclista Michael Goolaerts (Vérandas Willems-Crélan). O belga foi transportado de helicóptero para o hospital de Lille, encontrando-se em estado grave.