Torne-se perito

Restrição de velocidade nas linhas da Beira Alta e do Douro

As medidas são de carácter preventivo e "visam a segurança do sistema ferroviário", bem como a "salvaguarda da segurança de pessoas e bens".

Foto
LUSA/Nuno Andre Ferreira

A Infra-estruturas de Portugal (IP) anunciou sexta-feira a aplicação de medidas preventivas de segurança relacionadas com a restrição de velocidade de circulação nas linhas ferroviárias da Beira Alta e do Douro, devido às condições climatéricas.

"Tendo em conta os alertas emitidos pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que prevêem o agravamento das condições meteorológicas nos próximos dias, com ocorrência de precipitação persistente e pontualmente forte e a intensificação do vento, a Infra-estruturas de Portugal irá implementar medidas cautelares no sentido de mitigar eventuais riscos para a circulação ferroviária e os seus utilizadores", refere a empresa em nota enviada à agência Lusa.

Segundo a fonte, as medidas, que são de carácter preventivo e "visam a segurança do sistema ferroviário", compreendem, entre outras, "a restrição do limite de velocidade de circulação em alguns dos troços da Linha da Beira Alta e da Linha do Douro".

A IP salienta que os condicionamentos anunciados "têm como único objectivo a prevenção e a salvaguarda da segurança de pessoas e bens".

A empresa agradece a "melhor compreensão" para os eventuais transtornos que esta situação possa provocar.

Sugerir correcção