Eurodeputada irlandesa apontada como sucessora de Tajani na presidência

Antonio Tajani pode estar de saída depois de aceitar ser candidato a primeiro-ministro em Itália pelo partido de Berlusconi.

Foto
DR

Mairead McGuinness, eurodeputada irlandesa da ala conservadora (o Partido Popular Europeu, ou PPE) e primeira vice-presidente do Parlamento Europeu, está a ser apontada como uma possível sucessora do italiano Antonio Tajani, caso este abandone a presidência do Parlamento Europeu para se candidatar a primeiro-ministro de Itália.

O jornal EU Observer deu voz a esta hipótese, que não foi comentada pelo gabinete de McGuinness, de 58 anos e eurodeputada desde 2004. “Ela mereceu o apoio de 75% dos eurodeputados quando em 2017 se candidatou à vice-presidência do parlamento”, sublinhou porém uma fonte do gabinete da eurodeputada eleita pelo Fine Gael (centro-direita).

Tajani, por seu lado, é a aposta de Silvio Berlusconi e do partido Força Itália para primeiro-ministro, em caso de vitória nas eleições de domingo. As sondagens colocam o partido de Berlusconi no terceiro lugar.

“É a escolha óbvia”, afirma uma fonte não identificada do PPE citada pelo mesmo jornal, salientando que ela já é a primeira vice-presidente do parlamento comunitário – e por essa via assumirá sempre a presidência de forma interina, caso se confirme o abandono de Tajani. Porém, a sua nomeação efectiva teria de ser posteriormente confirmada por eleição.