Arquitectura

Ed&Jo é nome de casa em Famalicão

Fotogaleria

Chama-se Ed&Jo e é o mais recente dos projectos do NOARQ, um estúdio de arquitectura português. Com lugar em Vila Nova de Famalicão, no distrito de Braga, a moradia projectada por José Nunes de Oliveira não engana: aqui ergue-se mais um (bom) exemplar do que de melhor se faz na Escola do Porto. De paredes de traços vincados e rectas (bastante) definidas, a concretização do plano não esqueceu uma máxima transversal — “algo característico em quase toda a obra do Siza”, como refere o director do estúdio. Falamos da comunhão entre a natureza e o próprio edifício — tanto por dentro como por fora.

 

Se por um lado existe uma preocupação em não descaracterizar o terreno — não fazendo dele "gato-sapato", mas modelando o projecto de acordo com a “morfologia que se tem” —, por outro existe uma grande sensação de contacto com o exterior, proporcionado pelas enormes janelas que correm desde o tecto até ao chão de madeira (apenas do lado sul e este do edifício). Ainda assim, o arquitecto não esconde que o terreno foi, na verdade, um desafio. O edifício encontra-se no meio de duas ruas que se interceptam, criando uma espécie de triângulo desnivelado, e José Nunes de Oliveira refere que a privacidade foi uma questão importante a manter, sendo que, para isso, limitou o número de janelas na parte oeste e norte do edifício. No lado sul existe uma entrada para a luz nascente, sob a cobertura de um arco encurvado que encima a cozinha, e as restantes divisões são iluminadas através de diversos pátios que compõem o edifício.

 

Mais do que receber algum destaque internacional, o objectivo do arquitecto é projectar algo que agrade ao comprador (e futuro habitante da casa). José Nunes de Oliveira não nega, contudo, ter sido inspirado pelo trabalho de dois nomes com quem já trabalhou: Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura.

 

Artigo corrigido às 15h25 de 27 de Fevereiro

Sugerir correcção