Dois irmãos encontrados mortos em residência

GNR afirma que homens apresentam sinais de já terem morrido há alguns dias.

OS homens foram encontrados numa residência em Válega, Ovar
Foto
Os homens foram encontrados numa residência em Válega Margarida Basto/Arquivo

Dois irmãos de 41 e 44 anos de idade foram encontrados mortos esta quinta-feira numa residência em Válega, Ovar, informou a GNR. Segundo o oficial de comunicação e relações públicas do Comando Territorial de Aveiro da GNR, Gonçalo Ribeiro, os homens apresentavam sinais de já terem morrido há alguns dias. 

Um dos cadáveres, que se encontrava no exterior da casa, encontrava-se em estado mais adiantado de decomposição, o que pode ser explicado pelo facto de o corpo se encontrar ao ar livre. O segundo homem foi encontrado dentro de casa. 

Com um passado com problemas de álcool e toxicodependência, os dois homens eram solteiros e moravam neste momento sozinhos. Foi um cunhado que estranhou o seu desaparecimento e foi à sua procura. 

“Viveram muito tempo com a mãe”, explicou uma funcionária da Junta de Freguesia da Válega, onde um dos homens prestava serviço comunitário por ordem do Tribunal de Santa Maria da Feira.

A investigação sobre o que sucedeu ficou a cargo da Polícia Judiciária. Não foi posta de lado a hipótese de os irmãos poderem ter sofrido uma intoxicação com o fumo da lareira que tinham em casa, mas o facto de um deles ter sido encontrado no exterior pode invalidar esta possibilidade.